Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Saúde no Uíge foi reforçada com meios.

Publicado por Muana Damba activado 4 Marzo 2012, 07:13am

Etiquetas: #Notícias da Damba

 

Ambulância da Comuna de Nkuso Mpete.

 

O governo provincial do Uíge distribuiu na quinta-feira às administrações municipais sete ambulâncias, adquiridas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos, para facilitar a evacuação dos doentes em estado grave.


Com estes meios, os serviços de assistência vão melhorar consideravelmente nos municípios de Ambuila, Bembe, Milunga, Bungo, Cangola, Damba e Quitexe.


O governador provincial, Paulo Pombolo, que fez a entrega das ambulâncias, referiu que elas foram adquiridas no ano passado e garantiu que todos os municípios vão beneficiar delas.


O director provincial da Saúde, Benji Moco Henriques, disse que o investimento foi feito em boa hora, tendo em conta a melhoria dos cuidados primários de saúde a nível dos municípios, porque vão facilitar a evacuação de pacientes que apresentem um estado clínico grave. “Estas ambulâncias são de grande utilidade e vêm reforçar o esquema que temos estado a desenvolver para optimização dos cuidados primários e, sobretudo, no atendimento da população residente nas zonas rurais”, realçou.


Maria Fernandes Cavungo, administradora municipal da Damba, referiu que a nova ambulância vai minimizar os problemas existentes no hospital da Damba, tendo em conta as divisões geográficas da região. Para Delfina Rodrigues, administradora de Milunga, os meios são de capital importância para as populações, uma vez que vai facilitar o processo de evacuação.

 

 

Um grupo de 115 jovens, que concluiu o curso de enfermagem geral do Instituto Médio de Saúde do Uíge, recebeu os seus certificados de habilitações. O director-geral do Instituto Médio de Saúde do Uíge, Mateus Lopes, afirmou que a formação de quadros vai ajudar a suprir as necessidades do sector da Saúde na província, principalmente nas regiões mais recônditas, onde ainda se faz sentir a falta de enfermeiros.
“Com estes enfermeiros os hospitais vão estar melhor servidos”, afirmou Mateus Lopes, tendo referido que a falta de uma biblioteca, laboratórios e meios de transporte para apoiar os alunos nos trabalhos de campo dificultar o bom desempenho dos formandos.
Mateus Lopes pediu ao Governo Provincial a colaborar ainda mais com a instituição, com vista à formação de jovens capazes. E defendeu a melhoria dos salários dos técnicos de saúde, tendo em conta as assimetrias existentes entre os ordenados dos professores em relação aos dos enfermeiros e médicos.
O director provincial da Saúde, Benji Moço Henriques, que presidiu à cerimónia de entrega de diplomas aos novos enfermeiros, afirmou que o processo de municipalização dos serviços de saúde está a dotar os municípios de meios técnicos importantes.
O factor humano é preponderante para a melhoria da assistência sanitária, uma vez que a boa prestação dos profissionais de saúde é fundamental para que se tenham bons hospitais. O Instituto Médio de Saúde do Uígejá formoumais de 500 enfermeiros.

 

 

                                                                                                        J.A

 


 

Archivos

Ultimos Posts