Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Repatriados mais de 70 cidadãos da RDC em condição migratória ilegal

Publicado por Muana Damba activado 3 Febrero 2013, 03:03am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

 

20100523170409zaire

Uige - Setenta e quatro cidadãos da RDC, em condição migratória ilegal, foram repatriados hoje, sábado, para o respectivo país através dos postos fronteiriços de Kimbata e Beu Fiscal, município de Maquela do Zombo, norte da cidade do Uíge, no âmbito do combate à emigração ilegal que o Serviço de Migração e Estrangeiros leva a cabo.

 
Segundo o comandante municipal da Polícia Nacional em Maquela do Zombo, Carlos Mario dos Santos, as autoridades policiais levam a cabo desde Janeiro uma operação que resultou na detenção destes cidadãos, dos 40 foram repatriados via posto fronteiro de Kimbata e 34 outros através do Beu Fiscal.

 
Revelou que 24 são mulheres, dez vieram da cidade do Uige, ao posso que os restantes foram detidos nos bairros periféricos da sede do município de Maquela do Zombo, localizado a 310 quilómetros a norte da cidade do Uige.

 
O chefe municipal em exercício do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) em Maquela do Zombo, subinspector Garcia Bunga, informou terem sido detidos igualmente três facilitadores de entrada ilegal no país, que cobravam o percurso RDC/Maquela do Zombo 20 mil kwanzas (200 dólares americanos) a cada emigrante ilegal e cinco kwanzas (500 dólares) para quem quisesse chegar até a cidade do Uige, para dai avançar a capital do país, Luanda.

 
Disse que os referidos facilitadores, nomeadamente Nziesse Kikabalu, 23 anos de idade, natural de Sacandica, Dindanda Nzongo, 30 anos, e Madiango Lukombo, 25 anos, ambos naturais de Beu (município de Maquela do Zombo) estão já a contas com a justiça.

 
Realçou que durante a operação foram detidos também cinco cidadãos do oeste africano (malianos) em condição ilegal, que foram encaminhados a cidade do Uíge, e posteriormente a capital do país, onde serão repatriados para o respectivo país.

 

 

                                                                                                           Angop

 

 


Archivos

Ultimos Posts