Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Munícipes aplaudem implementação do registo gratuito de crianças

Publicado por Muana Damba activado 8 Enero 2012, 05:16am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

maonamassa22jan..-copie-1

Songo - Residentes no Songo, 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge, aplaudiram hoje (sábado), na vila com o mesmo nome, a implementação do registo de nascimento gratuito de petizes dos zero aos 18 anos de idade, bem como a redução em 80 porcento da taxa de emolumentos para obtenção da certidão de nascimento.
 
 
Os munícipes interpelados pela Angop, na Vila do Songo, sobre o anúncio da Ministra da Justiça, Guilhermina Prata, nesta quinta-feira, em Luanda, na cerimónia de cumprimentos de novo ano ao seu pelouro, manifestaram a sua satisfação, admitindo que a entrada em vigor deste diploma, vai permitir aos progenitores, com pouca condições financeiras, registar os seus filhos.
 
 
Adolfo Manuel Bunga, pai de seis filhos, depois de manifestar a sua satisfação, augurou haver facilidade no registo dos filhos, que até então nunca possuíram cédulas pessoais por falta de dinheiro.
 
 
"Creio que com a implementação do registo gratuito dos 0 aos 18 anos de idade, teremos um alívio", augurou.
 
 
A funcionária pública Marcelina Canga disse que um outro facto de realce tem a ver com a redução em 80 porcento da taxa de emolumentos para a obtenção de certidão de nascimento e admitiu que muitos pais não conseguiam registar os filhos por não possuírem também documentos que lhes identifiquem como bilhete de identidade.
 
 
"O Governo está cada vez mais à resolver os problemas da população, a julgar pelos programas ambiciosos a favor da população. Esta intenção do Ministério da justiça vai ajudar muito mais os habitantes da zona rural, onde a obtenção de dinheiro é muita mais difícil, é mesmo louvável", prestigiou.
 
 
O estudante da 11ª classe da escola do II ciclo do ensino secundário local, João Macaia Domingo defendeu a necessidade da expansão dos serviços de registo civil em todos municípios e comunas da província, a julgar pela importância que têm para à vida da
população.
 
 
O município do Songo possui uma comuna, 13 regedorias, 83 aldeias e uma população de pelo menos 44 mil habitantes, na sua maioria camponesa.
                                                                                                         Angop

 

Archivos

Ultimos Posts