Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Modelo adoptado para governação deve melhorar as condições de vida

Publicado por Muana Damba activado 18 Noviembre 2012, 03:11am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

Por António Capitão

 

O primeiro secretário provincial do Uíge do MPLA, Paulo Pombolo, defendeu quinta-feira a adopção de um modelo de governação baseado na identificação das principais necessidades da população e o incremento de projectos sociais prioritários que garantam a melhoria das condições de vida.


Paulo Pombolo, que falava na abertura da VIII sessão plenária ordinária do partido, disse que a adopção deste modelo deve promover o desenvolvimento da região no período 2013/2017.


No acto, que juntou mais de 100 membros do secretariado da comissão executiva do partido na sala de conferências do Comité Provincial da Organização da Mulher Angolana (OMA), Paulo Pombolo disse que, decorridos 45 dias sobre a vitória do MPLA nas últimas eleições gerais, o momento é de execução das promessas feitas à população durante a campanha eleitoral.

A-pombolo-no-Uige.jpg
As inquietações apresentadas pelo eleitorado, durante o período de campanha eleitoral, devem servir de reflexão no momento da realização de cada uma das tarefas, disse o político.


Segundo o político, o povo deve ser considerado “a principal referência para a definição dos objectivos traçados pelo Governo Provincial. “É chegado o momento em que os quadros e militantes do partido na província devem empenhar-se mais. Nos comités de acção onde estejam inseridos, devem acompanhar os problemas da comunidade, analisar as suas soluções, para as apresentarem depois à liderança, com vista à sua concretização”, disse.


Paulo Pombolo acrescentou que os comités de acção, comunais e municipais devem adoptar planos e programas de execução para atenderem as necessidades e carências da população. Os programas devem ser apresentados quadrimestralmente às estruturas directivas do partido, onde devem ser analisados.


“Devem ser responsabilizados os principais encarregados pela condução destas estratégias, com maior realce para os executores públicos, para que os problemas da população possam merecer maior atenção e intervenção oportuna do Executivo”, acrescentou o primeiro secretário.

Recomendou, ainda, aos responsáveis das estruturas locais do partido que procedam à avaliação contínua dos quadros, através das suas capacidades, competências, zelo e responsabilidade. A VIII sessão plenária ordinária do MPLA, no Uíge, serviu para analisar questões relacionadas com as actividades desenvolvidas pelo partido e balanço das acções realizadas durante a campanha eleitoral.
O encontro serviu ainda para analisar questões relacionadas com o Programa de Investimentos Públicos para 2013, o Plano de Desenvolvimento Provincial 2013/2016 e o perfil da província.

 

 

                                                                                                               J. A

 

 

Archivos

Ultimos Posts