Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Ministra do comércio trabalha no Uíge

Publicado por Muana Damba activado 31 Octubre 2013, 11:14am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

 

Uíge - A Ministra do comércio, Rosa Pacavira, encontra-se desde terça-feira, na Província do Uíge, em visita de trabalho no quadro da preparação do arranque dos mercados rurais a terem lugar a cinco de Novembro próximo, em nove províncias do país, com vista o aumento da produção, produtividade e levantar a economia no meio rural.

 

Rosa Pacavira - Ministra do Comércio. Foto: Clemente Santos

 

 

Falando durante o encontro que manteve  com os membros do governo da Província do Uíge, momento após a sua chegada ao Uíge, Rosa Pacavira disse que o trabalho decorrerá nas Províncias de Luanda, Uíge, Benguela, Huambo, Kuanza Norte e sul, Bié, Huíla e Cunene.


Revelou ainda estarem já criadas agências bancárias  móveis do BPC para possibilitar os camponeses boas vendas dos seus produtos agro-pecuários sem intermediações.


Como disse, em termos de preçários dos produtos pobres, o quilograma de tomate, batatas e outras hortícolas vão custar 100 kwanzas, o feijão a 150 AKZ, a ginguba 250, a cabeça do repolho a 70 kwanzas.


Anunciou também que  para o próximo ano  de 2014,  estão  igualmente preparados projectos denominados, “Ajuda para o trabalho”, "Planta só”, "Pinto do dia“, entre outros.


“Os programas visam criar estufas  em todas as províncias, Municípios e comunas para que no futuro o camponês possa adquirir 100 plantas novas para a sua plantação, criação de pintos para alimentação e venda, criação de micro-indústrias como moageiras, padarias para transformação dos produtos agro-pecuários, bem como a geração de emprego e rendimentos.


Fez saber ainda que o camponês será bancarizado para melhor comercializar os seus produtos e realizar a compra de produtos industrializados para uma sexta básica através de um cartão que será entregue às mulheres chefes de famílias.


No termo do encontro, a ministra exigiu dos funcionários do sector que dirige, empenho e dinamismo para o êxito dos programas a favor da população.

 

 

                                                                                                           Angop

 

 

 

Archivos

Ultimos Posts