Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Mais de 60 toneladas de alimentos deteriorados devido à chuva no Songo

Publicado por Muana Damba activado 30 Diciembre 2011, 04:04am

Etiquetas: #Notícias do Uíge



 

4.1245348838.mandioca-macaxeira-ou-aipim.jpg

Luanda - A perda de pelo menos 63 toneladas de alimentos para mais de 600 famílias localizadas no município do Songo, província do Uíge, é o resultado do estudo da Igreja Evangélica reformada de Angola (IERA) após as constantes chuvas que se abateram na região nos últimos dias.

 

 De acordo com o boletim informativo desta congregação religiosa que a Angop teve hoje (quarta-feira) acesso 42 hectares de terra lavrada foram devastados pela fúria da chuva acompanhada de granizo que se abateu nas localidades Mayengo e Kiriama nesta circunscrição.

 

 A publicação refere que para além dessas localidades as autoridades locais informaram que em relação às outras comunidades mais distantes do município não foram efectuados levantamentos da situação após as enxurradas.

 

 Esta situação obriga a que muitos dos populares tenham que racionalizar a sua dieta alimentar, facto que pode influenciar negativamente no estado de saúde das comunidades devido ao elevado índice de anemia que se regista na circunscrição.

 

 Segundo a Igreja Evangélica Reformada de Angola (IERA) para além da chuva que se abate no município constituem grande preocupação da população, a falta de serviços de saúde nas aldeias o que obriga os populares andarem até à sede da vila de Songo.

 

“Constata-se um elevado número de crianças sem roupas, as casas em condições bastante péssimas, facto que deve merecer a atenção das autoridades competentes no sentido de mudar este cenário”, lê-se no boletim.

 

 Os moradores afectados pelas enxurradas pedem que lhes sejam fornecidas com urgência alimentos, roupas, instrumentos agrícolas e chapas de zinco.

 

 Entretanto o soba Gomes da aldeia Maiengo apelou às autoridades competentes no sentido de prestarem um apoio a longo prazo com vista a permitir a melhoria das condições de vida das populações após as cheias que se registam nas diversas populações.

 

 “ Apelo a sensibilidade das autoridades competentes no sentido de nos ajudarem com urgência, uma vez que nestas aldeias vive um elevado número de mulheres viúvas e velhas da terceira idade”, realçou.

 

 

Descarga eléctrica causa duas mortes no Negage.


 

Negage - Duas pessoas morreram quarta-feira, na aldeia Tema, município do Negage, a 54 quilómetros a nordeste da capital da província do Uíge, em consequência de uma descarga eléctrica.
 
Segundo fontes da Angop, as vítimas, Cristina Francisco e Sérgio Francisco, 40 e 19 anos de idade, respectivamente, são membros da mesma família.
 
"A mãe foi atingida pela descarga eléctrica na varanda da sua casa quando pretendia acarretar água da chuva para lavar a roupa ", contou um membro da família.
 
Os serviços municipais de assistência e reinserção social e de protecção civil e bombeiros do Negage garantem apoio às famílias sinistradas com roupa usada, produtos alimentares (fuba de milho, óleo e massa alimentar), entre outros.

 

                                                                                                                                      Angop

 

Archivos

Ultimos Posts