Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Juventude de Maquela do Zombo necessita de centro de formação profissional

Publicado por Muana Damba activado 30 Enero 2012, 16:03pm

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

 

407182_234628836612791_100001970284179_528032_347984532_n.jpg

                   Os jovens de Makela do Zombo sem formação ( Foto de Ass. de Bakongos)


Uíge - A juventude do município de Maquela do Zombo, a 310 quilómetros a norte da cidade do Uíge, necessita, com urgência, de um centro de formação profissional que facilite a sua formação e posterior inserção no mercado do emprego.
 
Segundo os jovens, que manifestaram a preocupação à Angop à margem do encontro sobre diálogo juvenil, promovido pelo Secretariado Provincial do Uíge da JMPLA, só formados profissionalmente podem contribuir de forma positiva para a reconstrução do país.
 
Para eles, os cursos de electricidade, mecânica, carpintaria, informática e corte e costura foram apontados como essenciais, devido a procura que se regista na localidade, tendo em conta o elevado número de obras a serem erguidas na circunscrição.
 
Kiambi Daniel da Costa disse que por falta de um centro de formação, em Maquela do Zombo, ocupa o seu tempo ajudando os camponeses, para no fim do dia lhe ser pago um valor entre os 300 a 500 kwanzas por dia.   
 
O táxi de motorizada, disse o morador Domingos Simba, tem sido o maior refúgio dos jovens para o seu "ganha pão", apesar das inúmeras dificuldades apresentadas pelas vias secundárias e terciárias, uma vez que tais serviços são muito necessitados pelas autoridades tradicionais, eclesiásticas, professores, camponeses e a população em geral.
 
“Muitos de nós já terminamos o ensino médio e ainda não estamos Empregados. Uma vez que haja centro de formação profissional estaremos de parabéns, porque dali conseguiremos aprender muita coisa de acordo com a profissão escolhida por cada um de nós”, disse o estudante Jorge Dombele Santos.  
 
Para João Nsoki Malungo, por esta causa alguns são obrigados a abandonarem as suas casas para enquadrarem-se nas empresas chinesas.  
 
Apesar das dificuldades, acrescentou, os jovens reconhecem os esforços do Executivo angolano na construção e reabilitação de estradas, sistemas de abastecimento de energia eléctrica, água potável, hospitais, escolas, pontes, mercados e caminhos-de-ferro em todo país, em particular na província e no município de Maquela do Zombo.
 
O primeiro secretário da JMPLA do Uíge, Garcia Pedro Zó, assegurou que as questões colocadas pelos jovens serão encaminhadas às estruturas competentes para o seu devido tratamento.
 
Entretanto, o administrador de Maquela do Zombo, António João, sublinhou ser missão do Governo colocar ao alcance dos jovens todas as possibilidades para a sua formação, tanto académica, como profissional, pelo que acredita que tudo será feito para a concretização da intenção.
 
Composto por quatro comunas: Quibocolo, Sacadica, Béu e Cuilo Futa, o município de Maquela do Zombo possui 306 aldeias e uma população estimada em 304 mil habitantes que se dedica à agricultura, ao comércio e à pesca.
                                                                                                          Angop

Archivos

Ultimos Posts