Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Governo provincial lamenta morte de Santos Seco.

Publicado por Muana Damba activado 12 Agosto 2011, 05:28am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

 

 

O Governo Provincial do Uíge lamentou hoje, nesta cidade, a morte do jornalista Santos Seco, chefe do centro de produção do grupo RNA no Negage, ocorrida nesta quarta-feira, vítima de doença.
 
Numa mensagem chegada à Angop, o executivo local refere que Santos Seco foi um jornalista dedicado, com elevado sentido profissional e patriótico, tendo dado um grande contributo no desenvolvimento da província.

 

“Este inesperado acontecimento constitui uma perda irreparável para os cidadãos do Uíge, pela forma construtiva e abnegada com que o jornalista Santos Seco abordava os assuntos da província”, lê-se no documento.  

 
O executivo local, chefiado pelo governador Paulo Pombolo, endereçou, em nome dos responsáveis, funcionários, colaboradores do governo e da população os sentimentos de pesar à família do jornalista e à RNA.
 
Noutra mensagem de condolências, o Secretariado Provincial da União dos Jornalistas Angolanos (UJA) no Uíge lamentou também a morte do jornalista.
 
Na sua mensagem, a UJA realça as qualidades de Santos Seco e refere ter sido um profissional de informação que soube cumprir a sua missão de informar a população, mesmo nos momentos difíceis da vida do país.
 
Santos Seco nasceu a 10 de Janeiro de 1956, no município da Damba, província do Uíge, tendo sido admitido em Agosto de 1987 como correspondente do posto fixo do Negage. Assumiu as funções de chefe do posto em 1998.
 
Com o alargamento da produtividade radiofónica na província, em 2006, esse posto fixo passou a centro de produção, assumindo Santos Seco as funções de chefe do centro, actividade que exerceu até a data da sua morte.
 
O profissional fez o curso médio na Escola Politico-Militar Comandante Gika, em Luanda, entre 1989 e 1990, e frequentou vários cursos e seminários de jornalismo, com destaque, o que foi leccionado pela Rádio França Internacional. Concluiu o IV ano do ISCED (opção História), no ano académico de 2010.
                                                                                                          Angop

Archivos

Ultimos Posts