Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Viagem ao BEMBE E DAMBA (4)

Publicado por Muana Damba activado 7 Julio 2010, 17:57pm

Etiquetas: #Fragmentos históricos da Damba

 

Por José Cardoso - Governador do distrito do Congo portugês em 1912 

 

fotos do drjocn

 

 
OS habitantes


População – Características de diferenciação


Estado social – Condições de vida – Relações entre o gentio e a autoridade e o comércio – As quitandas.

São três os grupos etnográficos que se encontram ao longo do caminho que percorremos, distintos entre si por caracteres físicos e pelos hábitos, distinguindo-se ainda pelos modos e condições de vida, confundindo-se todavia pela sua organização social, que afecta uma feição extremamente rudimentar em todos eles.


São esses três grupos – os Mussurongos, os Muxicongos e os Muzombos.


Não possuindo profundos conhecimentos da técnica da etnografia,abandonamos o propósito de fazer a minuciosa descrição dos tipos a que vamos referir--nos, limitndo as nossas informações ao que eles têm de saliente, bastante para surpreender o leigo, a ponto de distinguir um mussorongo dum muxicongo e dum muzombo, e tornando as nossas observações minuciosas até ao limite em que essa minúcia interesse à administração, fornecendo os elementos necessários para orientação da acção da autoridade administrativa civil e militar, na condução da sua politica de assimilação do gentio, no seu aproveitamento e na sua transformação, em elementos úteis à comunidade e a si próprios, pela melhoria das suas condições sociais, gradual e sucessiva,consentânea com seu temperamento, hábitos e índice intelectual.


Encontram-se os mussurongos em toda a circunscrição de Santo António e em grande parte da circunscrição do Ambrisete, isto é, desde o rio Luê ( divisória de Santo António e Noqui) para oeste até à costa, ao longo desta para sul até o rio Loje, sendo o limite leste de Santo António, sensivelmente, a extrema oriental desta circunscrição, e no Ambrisete uma linha que passe uns 20 quilómetros, aproximadamente, a leste dos postos de ocupação do Tomboco e Bessa Monteiro.


Os muxicongos habitam toda a circunscrição do Ambrisete não povoada por mussurongos, a circunscrição de San-Salvador e o norte da capitania-mor do Bembe até as faldas da cordilheira da Quivoenga, não devendo considerar-se muxicongos os povos que se encontram para leste de do rio Fuleje e da parte do rio Mbrije, que corre no quadrante nordeste, e os povos sujeitos à jurisdição do Bembe, que ficam para leste do Lucunga.

 

Os muzombos ficam para leste de uma linha que reúna os rios Fuleje, Mbrije e Lucunga, tal como ficou indicado no período anterior ; povoam toda a circunscrição de Maquela do Zombo até ao rio Cuilo, limite oriental desta, o norte da capitania-mor da Damba, podendo considerar-se que estendem para nascente desta até ao rio Nzadi, e até a região da Mlanda, andando para sul.


Há ainda difenciação de tipos dentro destes três grupos. É todavia essa diferenciação evidenciada por minúcias que o carácter de generalidade desta informação comporta.

 

                                                                        -------------

 

Extratos “ In- NO CONGO PORTUGUÊS VIAGEM DO BEMBE E DAMBA – Considerações relacionadas. Relatório do Governador do distrito, primeiro tenente de marinha, José Cardoso Cabinda ,1913

 

 

                                                                                   Texto enviado ARTUR MENDES.

 


Archivos

Ultimos Posts