Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Feira de artes reúne 65 expositores no Uíge,

Publicado por Nkemo Sabay activado 8 Enero 2011, 15:29pm

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

                              Tabonta.Músico.

                                         O cantor Tabonta (foto J.A)

Uíge  - A cidade do Uíge acolhe uma feira de artes promovida pelo Instituto Nacional das Indústrias Culturais, com 65 expositores, no âmbito da jornada alusiva ao Dia da Cultura Nacional, que hoje se assinala.

 

 

Na feira, aberta pela ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, estão patentes produtos de criadores de 14 municípios da província do Uíge, bem como obras literárias e cientificas de várias editoras do mercado nacional.

 

 

De acordo com o director do Instituto Nacional das Indústrias Culturais, António Fonseca, a feira visa a promoção e valorização do produto cultural de criadores da região do Uíge, como forma de mostrar ao público o resultado de um trabalho que tem sido desenvolvido ao longo dos anos em prol da cultura angolana.

 

 

“São artistas que muito têm feito em prol da valorização da cultura angolana, razão pela qual os reunimos neste evento promovido na jornada alusiva à Cultura nacional”, disse.

 

 

Ainda para o dia de hoje, está agendado um espectáculo no Cine Ginásio, com a actuação de Toya Alexandre, Puto Português, Própria Lixa, Tata Ngana, Tabonta, Sam Manguana e artistas locais.

 

 

Domingo, a organização agendou a realização de seminários sobre gestão de arquivos, dinamização cultural, gestão do património edificado e classificado e língua nacional Kikongo.     O 8o de Janeiro foi aprovado pelo decreto nº21 e publicado no Diário da República nº 87, I série, de Novembro de 1986, em homenagem ao discurso sobre a Cultura Nacional do primeiro presidente de Angola, António Agostinho Neto.

 

 

Em 1979, o poeta e Presidente Agostinho Neto, durante a tomada de posse dos corpos gerentes da UEA, fez uma abordagem sobre a Cultura Nacional, que de então a esta parte passou a ser referência fundamental em todas as discussões sobre a problemática da Cultura angolana.

 

 

Em reconhecimento ao seu pensamento relativamente aos problemas que se prendem com a Cultura Nacional, bem como da importância que a cultura possui como um dos elementos constituintes do substrato da unidade nacional e factor essencial na afirmação da soberania do país e promoção do desenvolvimento, foi instituída a data.

 

                                                                                               Angop

Archivos

Ultimos Posts