Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Desafios da OUA dominam segundo dia das terceiras jornadas de reflexão sobre África

Publicado por Muana Damba activado 23 Junio 2013, 10:39am

Etiquetas: #Notícias da Damba

 

 

Uíge - Os desafios da Organização de Unidade Africana (OUA) dominaram sábado o segundo dia das terceiras jornadas de reflexão sobre África, abertas nesta sexta-feira, no Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), sob o tema “África, Desafios Cultura de Paz e Desenvolvimento.
 
O sociólogo e demógrafo João Baptista Lukombo Nzatuzola, convidado a dissertar sobre o tema, disse que a organização surgiu num contexto em que a maior parte dos territórios do continente africano ainda se encontrava sob a ocupação colonial.
 
Para si, tal atitude originou uma grande influência na estrutura da carta constitutiva no artigo II, com a finalidade de promover a unidade e solidariedade dos estados africanos, coordenar e intensificar a cooperação entre si (estados) e reforçar-se para dar uma vida melhor aos povos de África.
 
Defender a sua soberania, integridade territorial e independente, erradicar todas as formas de colonialismo em África, bem como a cooperação internacional, tendo a devida observação da carta das Nações e a Declaração Universal dos Direitos Humanos, disse, fazem parte das linhas de força sugeridos pela organização.
 
De acordo com ele, é necessário notar e salientar bem a OUA de forma global porque assumiu perante a história a conquista das independências nas antigas colónias portuguesas e os últimos bastiões do apartheid na África do Sul, Zâmbia e Zimbabwe.
 
João Baptista Lukombo Nzatuzola rematou que, após a euforia das independências, a África conheceu um período de transição dos partidos únicos com intuito da consolidação da unidade do Estado.
 
“Assistiu-se depois a uma avalanche de golpes de Estado em diversos países, menção especial com poucos países de forma especial como o Senegal”, sublinhou o professor universitário.
 
As terceiras jornadas de reflexão sobre a África, enquadradas nas celebrações de 25 de Maio, Dia de África comemorado no mês transacto, terminarão domingo no município da Damba, a 197 quilómetros a norte da cidade do Uíge, e estão a ser analisados, entre outros temas, "O desafio do jovem africano para o desenvolvimento do continente” e “A influência da cultura Bantu em Cuba”.
 
“A negritude, contributo para o resgate da identidade cultural em África”, “O combate à pobreza, um contributo para a estabilidade social das famílias” e “A mulher na educação e promoção da saúde”, faz ainda parte dos temas que os presentes analisam desde sexta-feira última.
 
Participam das jornadas professores, catedráticos de Angola, da RDC e de Cuba, estudantes, entre outros.

 

                                                                                                                        Angop

 

 


Archivos

Ultimos Posts