Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Casa desaba e faz vítimas.

Publicado por Nkemo Sabay activado 15 Noviembre 2010, 01:03am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

Por Nicodemos Paulo 

As chuvas que se abateram sobre a cidade do Uíge destruíram habitações

Fotografia: Nicodemos Paulo | Uíge


As chuvas que caíram na madrugada de ontem, sábado, no Uíge, provocaram a morte de três crianças, uma de nove, uma de sete e outra de cinco anos, em consequência do desmoronamento de terra que atingiu a casa onde estavam.
O aluimento provocou a destruição da casa. O incidente ocorreu nas imediações do comando provincial da UPIP, no bairro Mbemba Ngango, município do Uíge. “As crianças encontravam-se sozinhas em casa no momento do sinistro. Tudo aconteceu muito rápido, ouvimos o barulho e percebemos que tinha caído a casa vizinha. Fomos logo para socorrer mas não conseguimos fazer grande coisa”, lamentou o jovem José Campos, vizinho das vítimas.


Eduardo André Almeida, porta-voz dos Serviços Provinciais de Protecção Civil do Uíge, referiu que as crianças já estavam mortas quando as equipas de socorro chegaram ao local. “Limitamo-nos a resgatar os corpos. Neste momento, os cadáveres estão na morgue e estamos a analisar conjuntamente com a direcção do Ministério da Assistência e Reinserção Social a melhor forma de ajudar a família”, informou.


Segundo a fonte do Jornal de Angola, a mãe das crianças está a receber apoio da família e amigos. Eduardo André Almeida apelou a todos os que vivem em áreas de risco, para abandonarem esses locais o mais rápido possível.
“Os Serviços de Protecção Civil, em parceria com a Administração Municipal do Uíge, realizaram o levantamento do número de habitantes desses locais. Agora, aguardamos apenas que seja encontrado um local seguro para realojar as pessoas porque essa é a melhor maneira de prevenir estas situações, mas, entretanto, contamos com a colaboração das populações ”, rematou.

 

                                                                                                                                J.A

Archivos

Ultimos Posts