Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


A repressão dos colonos na Damba.

Publicado por Nkemo Sabay activado 8 Mayo 2011, 03:03am

Etiquetas: #Fragmentos históricos da Damba

Por Daniel Zola.

 

 

Mas a reação dos colonos que eram superiores tècnicamente em todos os dominios não tardou, porque o exército português possuia já aviões de caça, artilharia pesada, armas automáticas e semi-automaticas. Uma semana depois do ataque, iniciou a hora da vingança dos bárbaros, os brutos queriam mostrar a sua superioridade. Um grupo de militares armados que ninguém sabia a proveniênca (provavelmente de Metrópole) , veio excepcionalmente defender a parte setentríonal de Angola e apoiados de um aviâo da guerra no ar,entraram em todos os bairros e aldeias de periferia da Damba com um objectivo de exterminarar os "terroristas".

 

Missão que consistia não só  de liquidar os nacionalistas, mas toda a raça negra, naquele dia era a caça contra os negros como os opressores nos chamavam. Eles assassinaram todos os homens a partir de idade de 5 anos que encontravam nas ruas sem excepcâo, violaram mulheres, mataram o povo indefeso, até mesmo crianças  recém-nascidos, inocentes foram assassinados, queimaram as casas dos aldeões, fizeram todo subterfúgio para monstrar a sua potencialidade. Foi uma repressâo particularmente sangreta, uma grande carnifícina, um grande genocídio comparavél como de Ruanda em 1994 ou da Sebrénica(Kosovo) uma brutalidade inaceitável, o número de vítimas foi incalculável porque o balanço nunca foi divulgado, nem na parte dos brutos, nem na parte dos pobres nacionalistas independendistas que se safaram todos nas matas, há fotografias e vídeos (prova concreta) da brutalidade dos barbáros, que o site da Damba publicou,veja  Bombas nas aldeias da Damba.  ,é muito horrível a ver, cadavres empilhados como lenhas, corpos mutilados ,cadavres queimados como lenha, que HORROR. Imagens chocantes e medonhos de ver toda essas ferocidades. O evento foi pouco mediatizado visto que na época não havia também meios de comunicação como hoje, e além disso para os tugas a morte dos terroristas (?) pouco importava publicar o número de vítimas, só uma vitória contra os supostos bandidos, é o que interessava!

 

Como é que os portugueses podiam ignorar,sendo civilizados, que os terroristas que matavam eram donos da terra e que tinha direito de reclamar a sua indepedência? Mas isso tudo tinha que acontecer porque as vitórias exigem grandes bravuras e grandes sacrifícios e nâo há independência sem efusâo de sangue.  

 

 

AAU02

    A vila da Damba no tempo da repressão. Foto de AAU.

 

 

Para prevenir novos ataques, os portugueses utilizaram o terror para dissuadir os nacionalistas, neste caso os terroristas eram os colonialistas.

 

Ao desembarcar na Damba, a polícia política, a sinistra PIDE, fez na Damba um trabalho macabro. Recruta os genuinos para "caçar" os notáveis da Damba, muitos dos quais não tinham nada a ver com os repetidos ataques a vila da Damba.  O exempro típico é caso de um certo Cabo Mbengui, o homem mais desprezado entre os dambianos, por seu papel de traidor. Colaborando com o ocupante Português, ele era mais famoso e intócavel, possuía  muitos bens materias como carros e uma luxuosa mansão no bairro Artista, perto do mercado municipal da Damba, o salário do seu papel de deslealdade. O outro traidor mais conhecido chamava-se Mambimbi e residia no Mbanza Ndamba (Wandu). Haviam também muitos negros que colaboravam juntos com o ocupante mas que ficaram anónimos, até outros traidores beneficiavam viagens de borla no metrópole (Lisbôa) pelas suas bravuras de queixar os seus, veja     HISTÓRIA DO INÍCIO DAS ESCOLAS NA DAMBA.

 

Mesmo assim, os Makessa Mampuena, não se deixaram se intimidar e nem cruzaram os braços, eles faziam emboscadas de vez em quanto e havia também outros ataques que nâo tenho datas precisas.

 

 

 

 

Archivos

Ultimos Posts