Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Exploração florestal pouco beneficia a província

Publicado por Muana Damba activado 5 Julio 2015, 11:41am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

Imagem de arquivo

Imagem de arquivo

Uíge - Duzentos e dez conferencistas, entre comerciantes, produtores de café e madeireiros que participaram no 5º fórum de oportunidades de negócios concluíram sábado, nesta cidade, que a exploração florestal pouco beneficia a região pela saída massiva de madeira e outros produtos florestais por garimpeiros e por empresários não residentes fiscalmente na província.

Nas conclusões finais, a que Angop teve acesso, os conferencistas apontam que o corte selectivo de um pequeno número de espécies de árvores pelos empresários florestais e a não especialização das empresas do sector pode ocasionar a sua extinção.

Os conferencistas concluíram ser necessário, a criação de condições e incentivos para a construção de entrepostos de comercialização da madeira, evitando o enorme prejuízo a economia local e a aceleração da degradação das infra-estruturas rodoviárias, propiciando o aumento da sinistralidade rodoviária na região.

O fórum concluiu ainda que o preço praticado na venda de café constitui uma desmotivação dos produtores, já que maior parte dos produtores tem idade superior aos 50 anos.

Pediram ao governo da província e ao ministério da agricultura e desenvolvimento rural no sentido de reflectirem e analisarm conjuntamente a legislação sobre a matéria e as condições técnicas para o relançamento do café e, que a partir do próximo ano se vede a saída massiva de madeira da província.

Os participantes do fórum de oportunidades de negócios exigiram ao governo e as empresas privadas existentes na região no sentido de criarem condições para o fomento e criação de centros de formação profissional em diversas especialidades florestais e a engajar a juventude em tarefas úteis.

O comunicado refere ainda que nos próximos fóruns sobre o café o ministério de agricultura possa apresentar um estudo exaustivo sobre a situação do café a nível nacional, balanceando o grau do cumprimento dos planos sobre a matéria apontados pelo governo para 2013/2017.

O 5º fórum de oportunidades e negócios foi organizado nos dias 3 e 4 de Julho corrente, no âmbito das celebrações do 98º aniversário da cidade do Uíge, e decorreu na sala de conferências do Grande Hotel do Uíge sob o lema “Uíge e os desafios da diversificação da economia”.

Os temas sobre a situação actual e potencialidade do café, as estratégias de desenvolvimento e financiamento ao sector do café foram os que mais constrangimentos ofereceram aos participantes, pelo facto dos produtores não conhecerem incentivos por parte dos bancos nacionais.

A margem do fórum, os produtores de café elegeram um órgão privado (CAFANG) que institucionalmente responderá pelo sector de café, auxiliado pelo instituto nacional do Café de Angola (INCA) e instituições afins do governo para o relançamento da produção cafeícola e palmar em Angola.

Via Angop

Archivos

Ultimos Posts