Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Nkusu Mpete é uma comuna rica.

Publicado por Muana Damba activado 8 Mayo 2015, 05:50am

Etiquetas: #Coisas e gentes da Damba

A administração Comunal de Nkusu Mpete, no Município da damba. Imagem de Muana Damba

A administração Comunal de Nkusu Mpete, no Município da damba. Imagem de Muana Damba

Por Joan Vemba

Respondendo sobre a questão de saber qual era o maior rio que nasce ou atravessa o município da Damba, pergunta que foi posta no fórum de debate no Grupo ANADAMBA/facebook. As intervenções de uns e as respostas de outros sobre esse tema, notei da total ignorância da geografia, da fauna e da flora do nosso lindo município, isto obriga-me de contribuir modestamente em termos de partilha de conhecimentos em diversos aspectos da nossa querida DAMBA. Pois, é de constatar que na verdade muitos filhos da DAMBA desconhecem a sua terra, e isso é preocupante para as gerações vindouras, sobretudo nós da diaspora.


Hoje vamos conhecer, em breve, o NKUSU MPETE, que é uma das comunas do municipio da DAMBA.


O Nkusu Mpete encontra -se presente na cartografia do antigo reino CONGO dos seculos 16,17,18 como uma das regiões administrativas do Reino, e como circunscrição independente da DAMBA e do ZOMBO.

Geogràficamente, o territorio traditional do Nkusu, encontra se dividido em três regiões. NKUSU a KIMPEMBA, NKUSU a MADIMBA e NKUSU a MPETE.


1 - O NKUSU a KIMPEMBA estende-se apartir da aldeia Mafwangi na fronteira com Kibokolo passando por Kisoba a Nanga até as aldeias Landa e Kimbata. A povoação de MBANZA N'tende, marca o inicio da terra dos Andamba, apartir daqui, nota-se que há uma ligeira transformaçâo do sotaque.

2 - NKUSU a MADIMBA, começa no Kisoba a Nanga até Simu a Kongo que faz fronteira com a comuna de Lukunga do municipio do Bembe, juntamente com o seu Madimba e o rio Lufundi que marca a fronteira com a comuna de Serra de Kanda, municipio de KUIMBA, província do Zaíre. É por esse efeito que o Kikongo falado no NKusu, possui uma ligeira influência do sotaque Kinsasala ou Kisikongo, devido da sua situacao geografica próxima do Bembe e do Zaíre. Esse N'kusu é chamado também NKUSU MAFINDA, por possuir florestas densas e maravilhosas e outros denominam ainda de NKUSU a KINDOKENA por cari muita chuva e também de nevoeiros compactos no tempo de CACIMBO.


3 - MPETE (que foi aglutinado com Nkusu, dando a origem do nome de Nkusu Mpete) tem o seu início apartir da aldeia Lusenga, pois NZUNGA marca o fim do territorio dos Andamba, isto é, na via de Sala Mbongi. Esta estrada continua até Simu a Kongo, onde junta-se com a via vinda do Kisoba a Nanga, tornando-se numa estrada que vai até Nkusu a Madimba.


Em termos económicos, a comuna de Nkusu Mpete, como é geralmente é denominada, possui uma terra arável na sua totalidade, o que faz desta localidade extremamente rica em agricultura. As fazendas de café no Kimbumba, as florestas densas onde se extrai a madeira de qualidade, faz do Nkusu uma comuna de auto-suficiencia alimentar, desde sempre..

O vale de Madimba possue uma rica fauna, aqui encontrámos em abundância. os animais como Mpakasa, Javalis, antílopes, elefantes,etc. sem esquecer os rios com o denomidado Lufundi onde abundam v'arios espécies de peixes.



No que concerne as riquezas mineiras, Nkusu Mpete é a prolongaçâo do Mavoyo. Toda a região de Madimba até Bembe, encontramos Cobre, Ferro, Magnésio, Zinco, Chumbo, Enxofre, Estanho e muito mais a ser descoberto.

Fonte: ANADAMBA/facebook

Nkusu Mpete em desenvolvimento. Imagem do muana Damba

Nkusu Mpete em desenvolvimento. Imagem do muana Damba

Archivos

Ultimos Posts