Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Mawete Júnior abraça negócios

Publicado por Muana Damba activado 1 Abril 2015, 03:43am

Etiquetas: #Notícias do país

Filho e pai com o mesmo nome, Mawete João Batista.

Filho e pai com o mesmo nome, Mawete João Batista.

Mawete Júnior, avançado angolano que passou pelo Sport Lisboa e Benfica como uma promessa de sucesso, encerrou a carreira aos 30 anos e reinventou-se como gestor de projectos.

Contrariamente a muitos ex-atletas que encontram saída para o futuro dentro do desporto, o talentoso futebolista aposta no mundo empresarial.
Mawete João Baptista, vulgo Mawete Júnior, fez a sua estreia pelo Benfica com apenas 18 anos. Corria o mês de Setembro de 1999 e Jupp Heynckes dava a oportunidade ao promissor avançado dos juniores numa visita ao Santa Clara (0-3).


O angolano regressaria à equipa principal em 2001, com Toni, e deixaria um impressionante cartão de visita. Dois golos consecutivos, frente à União de Leiria e ao Santa Clara, a prometer uma dupla ofensiva com o recém-chegado Pedro Mantorras. Mawete, porém, não teve a continuidade desejada e mudou de rumo.


Penalizado por duas graves lesões nos tendões de Aquiles, o avançado não mais recuperou o brilho e encerrou a carreira aos 30 anos, em Angola. Tinha pela frente outros desafios, igualmente exigentes, no desenvolvimento de projectos na companhia familiar Osmats.


Mawete Júnior disputou oito jogos com a camisola do Benfica até final de 2001. Entretanto, nova mudança de treinadores e uma decisão amarga para o jogador. Na reabertura do mercado de transferências, o angolano segue por empréstimo para o Sp. Braga. “A ida para o Braga foi uma opção técnica de Jesualdo Ferreira, que até hoje não entendi. Emprestar um jogador que estava a dar cartas a cada jornada, é algo que custa perceber”, lamentou.


Mawete tem actualmente 33 anos e gere negócios nas áreas de hotelaria, agropecuária, piscicultura e não só. A sua zona de acção vai do Uíge a Quibocolo, terra natal do pai, a caminho da fronteira com o Congo.
“A vinda para Angola já foi pensada para jogar e trabalhar com o meu pai num projecto familiar. Criámos uma empresa e estamos a fazer esforços para desenvolver Angola. Temos a nossa base de acção no Uíge, porque é a zona mais propícia para desenvolver as nossas actividades, visto que Quibocolo é a terra natal do meu pai.”


Mawete João Baptista, o sénior, é general, antigo embaixador e governador de Cabinda, por exemplo. Homem de influência com ligação forte ao seu filho. “Tive desde que nasci uma ligação muito forte com o meu pai, por isso tenho o mesmo nome que ele (sou xará). Desde que nasci conheci o meu pai como embaixador, a ida para Itália foi mesmo por ele lá estar a trabalhar. Nos restantes países não houve relação com a minha carreira de jogador.”

Via J.A

Archivos

Ultimos Posts