Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Situação sanitária em análise na Região Militar Norte

Publicado por Muana Damba activado 11 Marzo 2015, 04:36am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

Situação sanitária em análise na Região Militar Norte
Uíge - Especialistas dos serviços de saúde da Região Militar Norte, oriundos das províncias de Malange, Bengo, Cuanza-Norte, Bengo e Uíge (anfitriã), participam, a partir de hoje, terça-feira, nesta cidade, na II reunião metodológica dos serviços de saúde, que visa debater a situação sanitária das tropas desta região militar.

O encontro, com duração de dois dias, orientado pelo chefe de Repartição dos Serviços de Saúde da Região Militar Norte, Coronel Tchilala, está a analisar os principais indicadores hospitalares, o abastecimento médico, importância dos cuidados primários de saúde, o estado de completamento do pessoal ao nível das brigadas, Estado-maior da Região e 2ª divisão, gestão da componente operacional da saúde nas unidades militares, critérios de evacuação de doentes e feridos, suporte básico e avançado de vida.

Constam igualmente entre outras questões, a ética e deontologia profissional, abdómen agudo, abordagem de um doente em estado de coma, assim como a apresentação e análise dos relatórios sobre os programas da malária, tuberculose, Vih/Sida, diabetes e a hipertensão arterial.

Conferências sobre a “progressão dos militares na carreira e seu licenciamento” e “ humanização dos órgãos do Exército, como tarefa quotidiana”, constam igualmente entre os assuntos da reunião.

Ao presidir a cerimónia de abertura da reunião, o segundo comandante da Região Militar, Tenente-general Carlos Sachimo, manifestou a preocupação do comando da Região Militar Norte com o aumento de casos de malária, hipertensão arterial, acidentes vasculares cerebral e politraumas e outros registados no seio de tropas.

Nesta senda, referiu ser urgente a identificação e a formulação de políticas específicas para o controlo destas doenças.

“E esta reunião, reflecte bem na sua agenda, os objectivos pelos quais, o combate contra todas elas, constitui o imperativo de cada especialista ou agente de saúde”, destacou.

O oficial general destacou, na ocasião, os ganhos registado nos serviços de saúde da Região militar Norte, como o Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária criado nas enfermarias, o laboratório de baciloscopia para o diagnóstico da tuberculose para os doentes com vih/sida, a instalação do aparelho de diagnóstico Cd4 e alocação de meios de transporte (Ambulâncias) nas brigadas para a evacuação de doentes e feridos.

Oficiais generais, superiores, médicos e especialistas de saúde, afectos a Região Militar Norte das Forças Armadas Angolanas, presenciaram a abertura da segunda reunião metodológica dos Serviços de saúde desta região.

Via Angop

Archivos

Ultimos Posts