Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Municípios do Uíge investiram forte no sector social

Publicado por Muana Damba activado 14 Enero 2015, 02:16am

Etiquetas: #Notícias do Uíge

Municípios do Uíge investiram forte no sector social

Por Joaquim Júnior

A construção de escolas, unidades de saúde e sistemas de água potável nas comunidades foram as acções destacadas por administradores municipais da província do Uíge, nos balanços que fizeram ao Jornal de Angola sobre o ano passado.

O Uíge conheceu, ao longo do ano passado, grandes realizações nos 16 municípios da província, que foram conseguidas no quadro do Programa Integrado de Combate à Pobreza.


No município do Negage foram inaugurados, de Outubro a Dezembro, 15 empreendimentos sociais, com destaque para 24 salas de aulas, que vão receber mais de 400 crianças.


A administradora municipal, Rosa Pedro Garcia, destacou também a construção, o ano passado, de dois postos de saúde, de sistemas de água potável e a instalação de outros equipamentos importantes para a vida das populações da província.


“O sector da Educação cresceu muito, porque aumentámos o número de escolas. Até 2013, tínhamos um défice muito grande nesta área. Muitas crianças estudavam ao relento ou à sombra de árvores”, disse a responsável. Alguns projectos inaugurados começaram a ser executados em anos anteriores, “mas, por falta de recursos financeiros, apenas ficaram concluídos no ano passado”.
Adelina Pinto, administradora do município do Songo, disse que muitos problemas das populações foram minimizados graças às realizações conseguidas no domínio social, como a inauguração de sete escolas do ensino primário e a edificação de 11 postos de saúde, cinco dos quais já foram colocados à disposição da população local, enquanto os restantes entram, em breve, em funcionamento.
Outros êxitos alcançados no Songo estão relacionados com as diversas campanhas de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. O Censo Geral da População e Habitação foi também realçado pela administradora Adelina Pinto.


“Os dados revelaram o crescimento significativo da população, de 44 mil para os actuais 62.362 habitantes. Isso vai permitir-nos planificar melhor as acções segundo a distribuição da população rural e urbana”, sublinhou a responsável.


Para o administrador municipal do Uíge, Altamiro Benjamim, apesar das dificuldades financeiras, foi possível realizar acções sociais que garantem o bem-estar das comunidades locais, com destaque para a construção e a reabilitação de escolas, a manutenção e construção de postos e centros de saúde em várias localidades do município, assim como a aquisição de medicamentos e outros materiais gastáveis.


Maria Cavungo, administradora da Damba, destacou que um dos feitos da sua localidade foi a construção de sistemas de água em várias localidades, mercados rurais e escolas.


Muitas acções, explicou a responsável, transitaram para este ano, em função das dificuldades de ordem financeira.


No município do Mucaba, todas as infra-estruturas concebidas no âmbito do Programa de Combate à Pobreza, como sistemas de água, escolas, postos de saúde e pontes em algumas regedorias, foram concluídas, afirmou a administradora Piedade Samuel, que destacou também a melhoria dos cuidados primários de saúde.
No Bungo, a distribuição da merenda escolar aos alunos do ensino primário alcançou resultados espectaculares.


A administradora municipal disse que, nas oito localidades do município seleccionadas, as crianças afluíram às aulas e o nível de aproveitamento do ano passado conseguiu superar as expectativas. Helena ­Antunes defendeu o reforço do programa para atender mais alunos.

Reabilitação de Estradas

Um dos principais ganhos das populações dos municípios dos Buengas, Cangola e Songo foi o arranque das obras de reabilitação das estradas que ligam estas localidades à sede da província.
“O início das obras na via que liga o município de Sanza Pombo a Buengas abriu uma nova página no desenvolvimento da região”, disse o administrador municipal de Buengas.


José Bunga Alberto afirmou que já decorrem naquele troço os trabalhos de desmatação e contenção das ravinas que “engoliam” a estrada, e acredita que, dentro de poucos dias, começa o asfaltamento da estrada.


“As obras já começaram e daqui a algum tempo, as populações vão sentir os efeitos desse trabalho. Os melhores dias se aproximam para a população de Buengas”, referiu.


A administradora do Songo, Adelina Pinto, destacou a alegria demonstrada pelos habitantes do município face ao asfaltamento dos 40 quilómetros do troço rodoviário até à cidade do Uíge.António Zambo, administrador do Quimbele, realçou a construção das vias de acesso, que considerou “portas de entrada” para novos investimentos, além de terem melhorado o escoamento de diversos produtos da região.

Fomento da agricultura

No município do Quimbele o sistema de ensino foi reforçado em 2014 com 56 salas.


O Hospital Municipal, que foi reabilitado, ampliado e apetrechado, dispõe agora de serviços de Pediatria, Maternidade e Clínica Geral, além do Laboratório de Análises Clínicas e Banco de Urgência. A capacidade de internamento foi ainda aumentada para 60 camas.
O administrador municipal, António Zambo, disse que o quadro clínico do hospital precisa de ser reforçado urgentemente, pois funciona com apenas três médicos, número insuficiente para atender à necessidades da população local. No domínio da Comunicação Social, foi construído um centro de produção radiofónica, a funcionar em regime experimental.


A administradora municipal do Negage, Rosa Pedro Garcia, afirmou que, este ano, os esforços estão virados para o fomento da agricultura, através do apoio às famílias camponesas com alfaias e outros instrum­entos­ agríc­ol­as. A Administração Municipal do Uíge deu início no ano passado à distribuição de terras aráveis e sementes às populações. “Vamos apostar no fomento agrícola.
Queremos dotar os camponeses com meios de trabalho e sementes como forma de incentivá-los a produzirem mais para fortalecer a nossa economia”, disse Helena Antunes, administradora do Bungo.
O Uíge é a província com o maior número de municípios do país, 16 no total. São eles: Ambuíla, Bembe, Buengas, Bungo, Cangola, Damba, Maquela do Zombo, Milunga, Mucaba, Negage, Puri, Quimbele, Quitexe, Sanza Pombo, Songo e Uíge.

Via JA

Archivos

Ultimos Posts