Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Comandante da PGF avalia prontidão dos efectivos em Quimbele

Publicado por Muana Damba activado 7 Agosto 2014, 15:18pm

Etiquetas: #Notícias do Uíge

 

Uíge - O comandante nacional da Polícia de Guarda Fronteiras (PGF) de Angola, comissário-chefe Pedro Candela, trabalha hoje, quarta-feira, no município de Quimbele, a 299 quilómetros da cidade do Uíge, onde vai avaliar o funcionamento e organização das unidades e a prontidão dos efectivos da corporação.

 
 
 

Pedro Candela - Comandante da Polícia da Guarda Fronteiras. Foto: Joaquina Bento

 

Durante a sua permanência no município de Quimbele, o comissário-chefe Pedro Candela vai manter encontros separados com o administrador local e os oficiais da unidade e subunidades de fronteira de Quimbele, para analise da situação operativa.$

 

Com o mesmo propósito, o comissário-chefe, em companhia do comandante provincial da Polícia, comissário Simão Leitão Ribeiro, desloca-se quinta-feira ao município de Maquela do Zombo, 310 quilómetros da cidade do Uíge.

 

A província do Uíge partilha mais de mil quilómetros de fronteira terrestre e fluvial com a República do Congo Democrático (RDC), através dos municípios de Maquela do Zombo, Milunga e Quimbele.

 

Terça-feira, o comissário-chefe Pedro Candela participou, na cidade do Uíge, no I encontro provincial sobre a situação dos Postos Fronteiriços com a República Democrática do Congo, presidido pelo governador provincial, Paulo Pombolo.

 

O encontro abordou, entre outras questões, a segurança das fronteiras, definição e delimitação da zona franca-caso Kimbata, pressupostos de identificação dos residentes fronteiriços a luz da lei e outra legislação aplicável à matéria.

 

Participam da reunião administradores dos municípios que fazem fronteira com a RDC, directores provinciais e responsáveis das Finanças e das Alfândegas.

 

Via Angop

Archivos

Ultimos Posts