Overblog
Edit post Seguir este blog Administration + Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Mulheres solicitam extensão dos serviços de registo civil aos municípios

Publicado por Muana Damba activado 12 Julio 2014, 06:18am

Uíge - As participantes ao encontro de auscultação à mulher rural no Uíge, defenderam, esta sexta-feira, a necessidade de se estender os serviços de registo civil e identificação a nível dos municípios, com vista a facilitar a aquisição de documentos por parte da população do meio rural.

O documento final do encontro, orientado pelo governador Paulo Pombolo, refere que o alargamento dos referidos serviços irá ainda reduzir os custos de transporte aos habitantes.

Solicitaram a reabilitação das vias que ligam os municípios às comunas, para permitir o escoamento dos produtos agrícolas do campo para a cidade, e apoio as mulheres rurais com "imputes" agrícolas, introduzindo técnicas simples e de baixos custos.

As participantes apresentaram, entre outras preocupações, a construção de mais centros de saúde, formação das mulheres em artes e ofícios, micro, pequenos e médios negócios, instalação de redes sociais nas sedes comunais.

Foram igualmente recomendadas as direcções provinciais da Educação e da Família e Promoção da Mulher a intensificarem o processo de ensino e aprendizagem, visando reduzir o índice do analfabetismo no seio das mulheres e melhorar as suas competências.

Participaram do encontro, que contou com 300 delegadas dos 16 municípios da província, membros do governo, deputados do círculo provincial, líderes religiosos, representantes de partidos políticos e autoridades tradicionais.

Mulher Rural no Uige chamada a elevar nível de escolaridade

Uíge - O governador provincial do Uíge, Paulo Pombolo, apelou, nesta sexta-feira, nesta cidade, à mulher rural a elevar o nível de escolaridade, visando desenvolver as suas capacidades intelectuais.

O governante, que falava no encontro de auscultação à mulher mural, decorrido sob lema “ O controlo da Mulher Rural no processo do Desenvolvimento”, solicitou a colaboração desta franja da sociedade para a erradicação do analfabetismo.

“ (…) hoje temos o programa de alfabetização e aceleramento escolar, que visa tirar a mulher rural do analfabetismo", sublinhou.

Paulo Pombolo solicitou também às mulheres para facilitarem a formação dos seus filhos.

"O filho necessita de uma formação adequada para que amanhã não venha a enveredar o mundo da delinquência", disse o governante.

O resgate dos valores morais e éticos junto das famílias e a necessidade da mulher rural participar no processo de tomadas de decisões, tendo em conta o potencial desta camada na sociedade e no desenvolvimento do país, foram outras preocupações manifestadas pelo governador do Uíge.

Por seu turno, as mulheres, na sua mensagem, solicitaram o melhoramento das vias para o escoamento dos produtos do campo, a construção de mais postos de saúde nas localidades onde não existem, o aumento de mais salas de aulas, o melhoramento do abastecimento de água potável nas comunidades e aldeias, a construção de moagens, o incentivo à actividade de parteiras tradicionais, a entrega de instrumentos de trabalho e tractores para o melhoramento da actividade agrícola.

Participaram do encontro, entre outros convidados, o ministro da Saúde, José Van-Dúnem e o secretario de Estado do Ambiente, Sianga Abílio, além de membros do governo, Forças Armadas Angolanas, Polícia Nacional, autoridades tradicionais, entidades religiosas, assim como mulheres dos 16 municípios da província.

Via Angop

Mulher do Uige, imagem dp Muana damba

Mulher do Uige, imagem dp Muana damba

Archivos

Ultimos Posts